Capacidade

Minha capacidade não está nos olhos,
Na deficiência aparente e estampada.
Não está naquilo que você pensa,
Nem na sua visão equivocada.

Minha capacidade não está na voz,
No som que não consigo produzir.
Nem na expressão tão eloquente,
Que você deseja ouvir.

Minha capacidade não está nas pernas,
Que impedem meus pés de correr.
Nem nos meus braços atrofiados,
Que não podem se mover.

Minha capacidade não está no estereótipo,
Naquilo que a sociedade considera padrão.
Nem nas cópias fiéis de um protótipo,
O qual sempre gera a exclusão.

Minha capacidade não está na deficiência,
Onde a sociedade sempre mira o olhar.
Mas na oportunidade tão rara,
Que sempre me impede de tentar.

Autor: Leandro Santos de Souza

About Poeta Leandro Souza

Um poeta cristão, apaixonado por literatura brasileira e por nossa poesia
This entry was posted in Meus Poemas. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*